Aceká na mídia: como se comunicar com clientes, colaboradores e imprensa

Artigo de Gláucia Civa Kirch, CEO da Aceká Marketing Digital, publicado no portal Coletiva.net


Comunicação empresarial não é uma coisa só. Pode ser a comunicação da empresa com seus clientes, com seus prospects, com suas equipes internas, seus parceiros, fornecedores, públicos em estudo, ou com a imprensa.


Para todas estas áreas, é importante se comunicar bem. E isso também não é uma coisa só. Ao contrário, são muitos processos envolvidos em cada uma destas vias, sendo necessária especialização em cada uma para obter grandes resultados.


EMPRESA-CLIENTE


Quem é ideal para realizar a comunicação empresa - cliente? Mais de uma pessoa. Um profissional de comunicação, certamente, alicerçado pela colaboração da equipe comercial do negócio, que alimentará o assessor com estratégias, metas, campanhas, ações e outros itens que serão primordiais para a criação das peças, discursos e direcionamentos que auxiliarão no alcance dos objetivos a cada momento.



PROSPECÇÃO


Para a comunicação com prospects e mercados em estudo, é essencial a participação da gestão da empresa ou da área de negócio interessada na expansão. Somente eles terão as informações que o comunicador precisa para embasar suas criações, dando o tiro certeiro que os targets definidos requerem para resultar em conversões.


PARCERIAS E ALIANÇAS


Já para a comunicação com parceiros, nada melhor do que um gestor da área de alianças da empresa para trabalhar junto do assessor ou o Marketing. O mesmo vale para fornecedores: quem lida com eles é que deve trabalhar em conjunto com os comunicadores da companhia para muni-los das informações e necessidades corretas a serem trabalhadas.


PEGANDO JUNTO


As áreas de negócio dão suprimento, com o qual a comunicação e o marketing produzem o que será entregue a cada target para trazer o que toda empresa busca e precisa: resultados positivos.


IMPRENSA


Mas e quando se fala em imprensa, também envolve as áreas de negócio? Sim, claro, e muito. A assessoria de imprensa só poderá criar pautas cuja publicação auxiliará, de fato, no atingimento dos objetivos da empresa se o insumo para as divulgações vierem de dentro dela.


VOU FAZER O SEU TRABALHO?


Não significa que os gestores ou colaboradores precisarão produzir textos, gerar pautas, fazer o trabalho do assessor: longe disso. Significa, sim, que terão de informar o assessor sobre acontecimentos, demandas, fatos, objetivos, ações, estratégias para que este profissional saiba o que fazer com cada um destes insumos, direcionando pautas de maior e menor relevância, traçando planejamentos de divulgação, realizando e gerindo ações de contato com a imprensa e, por fim, alcançando os resultados objetivados.


O QUE É OU NÃO É NOTÍCIA?


Vale dizer que é muito importante comunicar o assessor sobre tudo - quanto mais ele acompanhar o cotidiano da empresa, mais terá com o que trabalhar, além de ampliar seu conhecimento sobre o negócio, o que é sempre um grande ganho na elaboração e gestão da comunicação, seja com imprensa, seja com qualquer outra frente. Fatos corriqueiros interessam? Pode ser que sim. Por isso, o melhor é não esperar que algo grandioso, totalmente fora do comum, aconteça para informar o assessor.


REGRA DE OURO


A regra de ouro é: comunique o assessor e ele definirá a relevância da informação e o canal a ser utilizado. Muitas vezes, algo pode não ser relevante para imprensa, mas sim para o público interno, ou para as mídias sociais, por exemplo.


COMUNICAÇÃO E COLABORAÇÃO


Comunicação é, em primeira instância, colaboração. Entender isso pode ser a chave para o sucesso de um projeto de marketing, vendas, assessoria de imprensa e várias outras linhas de interação para empresas de todo e qualquer porte e setor.



Posts Em Destaque
Posts Recentes