Mobile Marketing: sua única chance é o conteúdo

No terceiro trimestre deste ano, foram vendidos 11,7 milhões de smartphones no Brasil, alta de 5% sobre o mesmo período de 2016.

Ainda que, somando feature phones (celulares básicos) e smartphones, o volume geral de vendas tenha caído um pouco ( -2% na comparação ano/ano), a receita subiu, pois o tíquete médio passou de R$ 994 para R$ 1.118. E os smartphones abocanharam fatia de 94% das compras de telefones móveis no país.

Além disso, o brasileiro está procurando modelos com mais memória e tela maior.

E a projeção é que, somando o quarto trimestre, o país feche o ano com 52,1 milhões de mobile phones vendidos, crescimento de 6% frente a 2016.

O que todos estes dados, que são de um estudo da IDC, mostram?

Pera: antes de responder, vou te dar ainda mais uma informação. Sabia que nas famílias brasileiras em que os pais têm smartphone, praticamente 3 a cada 4 crianças de 10 a 12 anos têm seu aparelho próprio? E que 9% dos bebês entre 0 e 3 anos TAMBÉM têm telefones móveis? É de ficar pasmo, mas é real e foi medido por pesquisa do Mobile Time e Opinion Box, que você pode ver na íntegra aqui: www.panoramamobiletime.com.br.

E agora vamos à resposta. O que estes dados querem dizer é que já passou da hora de TODAS as empresas e profissionais que queiram VENDER investirem em MOBILE MARKETING.

Desculpa a caixa alta, mas é preciso destacar. Afinal, o mundo inteiro está de celular na mão e 70% das buscas feitas na Internet via dispositivos móveis desencadeiam uma ação, que muitas vezes é de compra, dentro de uma hora.

Todo mundo está de celular e com muita pressa. O mundo mobile é o mundo atual: aquele em que ninguém pode perder tempo, nem ficar desinformado. Aquele em que as pessoas querem o que buscam agora, no formato mais cômodo – e não tem nada mais conveniente do que a palma da mão. Aquele em que o seu cliente vira cliente da concorrência num pulinho – ou melhor, numa deslizadinha de touch screen.

Todo mundo está no celular, com muita pressa, ávido por fornecedores que atendam às suas necessidades e desejos de forma cômoda e rápida, e com muita oferta à mão. Literalmente: de 2013 para cá, o número de dólares gasto com comunicação mobile a cada campanha de Marketing saltou de 22.1% para 59.6% só nos EUA.

Só em publicidade mobile os gastos nos EUA ultrapassarão US$ 40 bilhões este ano e deverão superar US$ 65 bilhões até 2020. Até o fim de 2017 (quase aí), 75% do consumo de conteúdo online será por dispositivos móveis nas terras norte-americanas, segundo medições da Zenith e da BIA/Kelsey.

E no Brasil, você pergunta? No Brasil as conexões mobile já superam a casa dos 267.1 milhões – sim, mais que o número de habitantes.

De toda essa gente, 43% usam aplicativos de mensagem (sua tia no ZapZap é um cliente de alguém), 35% é assídua audiência de vídeos mobile e 21% gasta horas e horas nos games (seu filho, sobrinho e o vizinho adolescente também são consumidores de alguém). Sem falar nos 28% que não vão mais ao banco: fazem tudo em clickes e toques no smartphone. (tamo junto).

Se você chegou até aqui, tem interesse no assunto. Parabéns, você está alinhado à tendência mais tendência do mundo: VENDER, crescer e lucrar. O próximo passo é fazer Mobile Marketing direito, aquele que realmente dá resultado. E a chave para ele é o CONTEÚDO.

Pode colocar a verba que quiser, milhões, zilhões: se o conteúdo for ruim, será dinheiro jogado fora. Conteúdo certo para cada campanha torna seu Mobile Marketing atraente para cada público-alvo, fazendo com que o cliente abra, leia, interaja e responda ao seu estímulo no SMS, nos mobile sites, nos mobile apps, nos QR Codes, nos e-mail marketings, em tudo o que for enviado a ele pelo smartphone ou tablet.

Você PRECISA de profissionais qualificados, que tenham conhecimento, experiência e saibam de fato o que estão fazendo, para entender seu propósito, o desejo e a necessidade do seu cliente, e criar mensagens que façam um atender ao outro. A mensagem certa pode ser – e muitas vezes, é – mais de uma. Uma mensagem para cada grupo, para cada ação. Pensada e repensada. Mutante. Dinâmica. Móvel.

Se o seu Mobile Marketing não é assim, você está fazendo isso errado. Se você fizer isso errado, seu dinheiro irá para o ralo e seus clientes, para o concorrente. Se você quiser fazer certo, estamos aqui.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Basic Square

© 2019 Aceká Marketing Digital

  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle