Dados no Varejo: Confira 4 dicas de como utilizá-los


Artigo do nosso cliente BIMachine. Leia a publicação original aqui.



ARTIGO

É inegável que estamos vivenciando a era dos dados, e com certeza um dos setores mais abundantes em termos de dados é o varejo, pois sua operação cada vez mais está contando com uma interação via omnichannel, unindo o contato do seu cliente desde o acesso via digital, em seu site e aplicativo, por exemplo, até mesmo quando ele está presencialmente em seu ponto de venda, o que acaba gerando interações de formas diferentes, em meios diferentes mas que no final são de uma mesma pessoa.



Tecnologias estão surgindo como apoio para ajudar os varejistas. Um grande fato é que o Business Intelligence ganha destaque e vem despontando como grande aliado, pois, oferece ao setor do Varejo, obter dados mais organizados, facilitando a análise dos mesmos, gerando insights e determinando tomadas de decisões mais assertivas.



Extrair o máximo dos números

Justamente por obter os dados em grande abundância e de diferentes formas, além de necessitar de uma boa coleta de seus dados, o varejista necessita também unificar de forma assertiva seus dados, para realizar o cruzamento da grande massa de informações. Neste ponto, o BI também desponta, pois, estará extraindo da fonte de onde este dado é gerado, realizando seu tratamento e garantindo assim aos varejistas o acesso em tempo real juntamente de uma maior confiabilidade nas suas análises.



Explore oportunidades antes não vistas

Muitas vezes, produtos estão há muito tempo sem serem consumidos, ou, apresentam grandes oportunidades de realização de promoções. Com o monitoramento em tempo real que o Business Intelligence proporciona ao seu negócio, você poderá estar configurando alertas baseados em periodicidade, por exemplo, que lhe ajudaram a identificar essas situações.



Seu estoque na palma da sua mão

Um grande lacuna quando falamos sobre o Varejo é o seu estoque, podendo gerar grandes dores de cabeça aos gestores se o estoque não for bem gerenciado. Principalmente quando levamos em conta o Giro de Estoque, um dos principais indicadores em termos de estoque. Além de estar monitorando com clareza seu giro, com o BI você poderá acompanhar quais são os produtos que estão sem giro, e montar ações para negociá-los, além de também visualizar de forma clara e precisa quais são os produtos com mais saída dentre o seu mix de produtos, para que os mesmos sempre estejam “em casa”.



Entenda mais sobre o seu cliente

Os hábitos e padrões de consumo mudam constantemente, saber e entender cada vez mais sobre o seu cliente é um grande desafio para todos os negócios, e no varejo, como trabalha-se com um volume gigantesco de produtos e variações, desde cores, tamanhos, estilos, é imprescindível que a assertividade esteja grande e seus produtos alinhados com o que seus clientes querem consumir. Além de criar uma boa relação com ele, garantir satisfação do seus clientes, é sinônimo de estar ganhando um grande aliado na divulgação da sua marca.



Portanto, como falamos no início deste artigo, contar com os seus dados integrados e de forma segura, é indispensável para que sua empresa destaque-se no mercado. E quando o assunto é Varejo, a ferramenta de competitividade é o Business Intelligence.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Basic Square